Commenti dei lettori

O Que Consumir Antes E Depois do Treino

"Larissa" (2018-06-03)

In risposta a Nutri Turbo consumo
 |  Invia una risposta

recomendado site da internet

Quem malha para dominar um corpo humano firme tem de proteína. Sem ela, a massa muscular não se maneira e o efeito do exercício não aparece, alega a nutricionista Mariana Klopfer, da Clínica Nutricius, especializada em nutrição esportiva, em São Paulo. Mas proteína não é não é tudo! Carboidrato, gordura legal, água, vitaminas e minerais bem como são relevantes pro hipertrofia. E isto tudo você consegue nos alimentos. Ou seja, se fazer possibilidades estratégicas.


Você entende que as proteínas de origem animal são consideradas as melhores para os músculos, não é mesmo? Porém cuidado: próximo podes vir uma dose gigante de gordura saturada e colesterol. É então que o frango (desde que desprovido da pele) é uma interessante opção para as pessoas que tem de proteína, no entanto não quer botar o coração em risco. Um filé extenso tem trinta e dois gramas de proteína e quase nada de gordura.


Se você prefere a carne vermelha, fique com os cortes magros (coxão mole, patinho, alcatra). Quanto e no momento em que consumir: 1 filé vasto (110 g), duas ou três vezes por semana. Essa parceria é perfeita em razão de os aminoácidos do feijão se unem aos do arroz e formam proteína. Dessa maneira, juntos, ajudam a reparar os músculos. Você pode almejar ler mais alguma coisa mais completo relativo a isso, se for do teu interesse recomendo ir até o website que originou minha artigo e compartilhamento dessas infos, encontre Leia Significativamente mais e veja Leia Significativamente mais sobre. Referência de carboidrato, o arroz ainda disponibiliza energia, outro combustível essencial para o recurso de recuperação da musculatura. Quanto e no momento em que ingerir: 1 concha de feijão e dois colheres (sopa) de arroz, de três a 4 vezes por semana.


Nem ao menos toda gente gosta do sabor do queijo de soja. Mas, de todos os produtos à base do grão, ele é o que mais concentra proteína e cálcio, protegendo músculos e ossos. Bem como é rico em magnésio, mineral que impossibilita o enfraquecimento dos compostos que participam do processo de fornecimento de energia. Entretanto o que mais se destaca no tofu são as isoflavonas substâncias que contribuem pro equilíbrio dos hormônios femininos. O que isto tem a olhar com massa magra?


Quando os hormônios estão em equilíbrio, o acúmulo de gordura elimina e os músculos trabalhados no exercício aparecem mais. Quanto consumir: uma fatia média por dia. Bata os ingredientes no liquidificador até formar um creme homogêneo. Referência de proteína e carboidrato, o frio de tofu é uma sensacional opção de lanche pós-treino. São raros os vegetais com a quantidade e propriedade de proteína da quinoa. Em cada grão, ela carrega aminoácidos sérias, sendo três de cadeia ramificada (leucina, valina e isoleucina) - aminoácidos do BCAA e whey protein (suplementos proteicos usados pelos esportistas antes e depois do treino para conservar os músculos). Quanto e quando ingerir: de dois a três colheres (sopa) de quinoa em flocos batida no suco de frutas de trinta a quarenta minutos antes do exercício e logo em seguida. Qual a cota melhor pros músculos: a clara ou a gema?


Entenda por quê: a clara é riquíssima em ovoalbumina, uma proteína montada por aminoácidos do tipo leucina, que, por ser de fácil absorção, é um dos componentes dos suplementos whey protein e BCAA. Ela carrega gorduras boas (monoinsaturada e ômega 3), substâncias com o poder de combater os processos inflamatórios provocados durante o exercício, facilitando a recuperação dos músculos. Quanto e quando ingerir: 3 ovos por semana, nas refeições ou no lanche pós-treino. Minutos antes de malhar, se esqueça a proteína.


  • 1º ambiente - Men Physique e Overall, no NPC Tampa Wings of Strengh ChampionShip, pela Flórida (Estados unidos)

  • Aflição ao urinar

  • 04/08/2008 - Meu colesterol está grande e sem demora

  • Consumir muita água (de 2 a três litros por dia) auxílio a diminuir as pedras a partir da urina

Neste instante, você tem que da energia rápida do carboidrato. A banana é ótima opção, porque ainda tem potássio, mineral que participa da produção de glicogênio (reserva de energia da massa muscular). Quanto e quando consumir: uma banana por dia, antes ou depois do treino, no momento em que necessita ser associada a uma proteína (iogurte, queijo). Referência de proteína, o iogurte é uma interessante opção de lanche pós-treino.


O sublime é consumi-lo já após a aula ou até no máximo 30 minutos depois. Nessa fase, a proteína é mais aproveitada pra recuperação e a construção do tecido muscular. Melhor ainda se você englobar ao iogurte um carboidrato de alto índice glicêmico, como geleia ou mel. Uma pesquisa da Instituição de Washington, nos Estados unidos, revela que combinar proteína e carboidrato de digestão rápida é quarenta por cento mais produtivo pela recuperação e desenvolvimento do tecido muscular que a proteína sozinha. Algumas opções: leite desnatado com achocolatado ou queijo magro com goiabada. A seleção dos lanches pré e pós-treino são decisivos no ganho de massa muscular.


Contudo não descuide das novas refeições. Estudos demonstram que, quatro horas depois, os exercícios ainda fazem efeitos benéficos nos músculos, diz Carolina Ribeiro, nutricionista funcional do Rio de Janeiro. Dessa forma, o carboidrato é bem-vindo em todas as refeições. Todavia, afastado dos treinos, prefira os de baixo ou médio índice glicêmico, como pães e massas integrais. Por terem fibras, eles saciam mais e liberam energia aos poucos.



Aggiungi un commento



ISSN: 1234-1235